Unidade Embrapii Biomassa

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais – CNPEM está situado na cidade de Campinas e integra quatro Laboratórios Nacionais multidisciplinares abertos à comunidade científica e empresarial. Anualmente o CNPEM conduz cerca de 40 projetos de pesquisa, os quais buscam desenvolver novas tecnologias e soluções para aumentar a competitividade das empresas. Com o intuito de expandir essa relação com o setor industrial e integrar as habilidades dos quatro Laboratórios Nacionais, o CNPEM se credenciou, em 2014,  junto á Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação – Embrapii.

A Unidade Embrapii Biomassa – CNPEM possui infraestrutura de ponta e profissionais qualificados para o desenvolvimento de projetos na área de processamento e aproveitamento de biomassas e no desenvolvimento de materiais oriundos da biomassa. A Unidade Biomassa possui sólida experiência em desenvolvimento de enzimas, princípios biologicamente ativos, bio e nanomateriais, produtos da química verde e biocombustíveis.  O CNPEM possui um parque de instrumentação completo e sofisticado para caracterização avançada de materiais, inclusive biológicos e para algumas aplicações, uma planta piloto (escala de 300 litros) para o desenvolvimento de processos. Portanto, a Unidade Biomassa está preparada para agregar valor na cadeia de produtos e processos de bio e nanotecnologia para atender às demandas de diversos setores do mercado, como farmacêutico, aeronáutico, automotivo, cosmético, químico, construção civil, alimentício, energia, dentre outros.

Agilidade

O modelo Embrapii é ágil, leva em média cerca de 4 meses da contratação ao início da execução do projeto. A documentação necessária é simples e o CNPEM auxilia na preparação.

Recursos existentes e sem edital

Não há edital para submissão de projetos e os recursos financeiros aportados pela Unidade Embrapii já se encontram disponíveis no CNPEM e são não-reembolsáveis

Propriedade Intelectual

A discussão da propriedade intelectual se limita à empresa e ao CNPEM (associação privada sem fins lucrativos)

 

Risco compartilhado

Risco compartilhado entre a Unidade Embrapii e a empresa. A Unidade Embrapii aporta até 1/3 do valor total do projeto em recursos financeiros e disponibiliza infraestrutura de ponta e pesquisadores qualificados.